Astrologia Chinesa: 2017 é o ano do Galo de Fogo

galodefogo

O Ano do Galo traz-nos boas perspetivas de sucesso e triunfo, mas lembra-nos que só podemos alcançar as nossas metas com trabalho árduo, paciência e perseverança. Podemos obter boas recompensas, mas elas não nos cairão no colo. O Galo de Fogo chama-nos à ação e incita-nos a ir à luta – como um galo.

Para além do signo que rege cada ano, o Zodíaco chinês identifica também um Elemento que exerce uma maior influência e que cria variações na energia de cada signo. Este ano, do Galo, será regido pelo Elemento Fogo, mas um Fogo com uma energia “Yin”, feminina, que desperta o nosso calor interior, o gosto por prazeres mais caseiros, a importância dos laços de família. Podemos ser tomados por recordações de um passado distante, retomar projetos e ideias que havíamos deixado esquecidos na gaveta há muito tempo.

Os anos regidos pelo signo Galo são marcados pela ação, pela justiça ou pela necessidade dela, por notícias bombásticas e pela necessidade de ações lógicas. 

Neste ano, tal como aconteceu em 2016, o Elemento Fogo é predominante; conjugada com a energia do Galo, desaconselham-se os riscos imprudentes, as ações que não são devidamente pensadas, os riscos que não são avaliados devidamente. Qualquer passo pode ganhar proporções inimagináveis, por isso é necessário ser mais prudente e refletir bem antes de tomar decisões importantes neste ano: todas as ações são exacerbadas.

Os períodos mais auspiciosos ao longo do ano serão o Outono e as duas semanas finais de cada estação: é nesses períodos que a energia estará mais estável, pois o elemento Terra tem maior influência nessas fases.

A nível político o Ano do Galo de Fogo pode trazer tensão e conflitos, pois os ânimos estarão exaltados já que o Galo tende a ser muito impulsivo. A migração motivada pela guerra e pelas mudanças climatéricas intensificará ainda mais o clima e hostilidade e a tensão entre povos.

O Galo é, por natureza, vaidoso e exibicionista: este ano favorece a ascensão de novas estrelas no mundo da música e do espetáculo, personalidades carismáticas que causarão um forte impacto.

A nível particular, o Ano do Galo pode trazer o tão desejado sucesso à vida daqueles que se têm empenhado com esforço e dedicação a um projeto pessoal. Também é um ano que favorece as mudanças, a criatividade, a inovação. É um bom ano para mudar completamente de vida, iniciando um novo capítulo a nível profissional, material ou pessoal.

E a nível de relacionamentos, o que nos espera?

Para quem está solteiro, este ano é bastante favorável para começar um novo relacionamento. No entanto, o Ano do Galo de Fogo também pode por um fim súbito, ou impor a uma drástica mudança, em relacionamentos que poderiam avançar para um compromisso mais sério. Uma mudança súbita de residência, uma surpresa inesperada ou qualquer alteração de planos pode criar uma reviravolta no destino.

Os bebes nascidos neste ano serão temperamentais e voluntariosos, caraterizados pela personalidade forte e determinada do Galo de Fogo. Aqueles que nascerem na Primavera serão, ainda assim, mais dóceis.

Embora este ano traga bastante tensão e o equilíbrio seja difícil de manter, é também favorável aos casamentos: curiosamente a cor vermelha, que é a cor dominante neste ano, é também a cor dos vestidos de noiva na China (sabia que o branco é, para os orientais, a cor do luto?).

Como aproveitar a energia deste ano?

Para equilibrar a energia do Galo de Fogo deverá dar mais destaque à energia do Elemento Terra, que lhe traz a estabilidade de que o impetuoso Galo de Fogo muitas vezes carece. Assim, os objetos de cerâmica podem e devem ser usados na decoração; os tons amarelos e tons terra no vestuário e nos acessórios. Deve evitar-se o uso excessivo da cor vermelha, que domina o ano, para não aumentar a energia de tensão e conflito.

Maria Helena

Arcano do dia – “Seis de Paus”

sixofwands

Quando, numa jogada de tarot, o 6 de Paus faz a sua aparição, podemos considerar, que estamos diante de uma vitória pessoal, pois os esforços surtiram resultado e a meta foi cumprida. É a recompensa que se obtém por ter corrido o risco. É a obtenção de resultados bastante criativos nas incursões que fazemos nas artes, nas ciências e no trabalho. É o famoso “se dar bem”. Traz consigo a ideia de fama e de glória, advindas do reconhecimento merecido.

Mas o 6 de Paus, como todas as demais cartas do tarot, também pode estar, dependo de sua posição na jogada, alertando para o lado “sombra” das pessoas ou das situações abordadas na leitura. Orgulho desmedido, o isolamento que a vitória pode impor, desilusão, traição, inveja do sucesso alheio, perder uma competição ou ser preterido numa promoção de cargo são alguns desses aspectos negativos. Além destes citados, podemos acrescentar a perda da admiração dos outros além da perda de direcionamento dos próprios objetivos. A sensação de medo, complicações que ocorrem durante a realização do projeto, a rápida chegada de más notícias e demoras inesperadas são outros indesejados aspectos dessa carta.

Portanto, associado à expansividade, ao crescimento proposto por Júpiter, acredite em seu projeto, acredite em seu sonho, em seu trabalho e lute por ele com as armas da coragem, da força, da paixão, da razão, da justiça, ética e moral, nunca se valendo de suas conquistas para humilhar ou subjugar os outros. Haja sempre com diplomacia  e seus méritos serão ainda mais valorizados. A coroa de louros pode estar muito mais próxima do que você supõe, basta que você acredite na sua vitória.

A todos, uma vitoriosa e altamente compensadora sexta-feira!

Arcano do dia – “Seis de Ouros”

sixofdisks

Quando o 6 de Ouros aparece numa leitura de tarot,  pode simbolizar generosidade, amor incondicional; sucesso, ainda que de curta duração. Pode representar o fato do Consultante estar caminhando, passo a passo, em direção à realização dos seus desejos. Simboliza, também, o fato de que é sempre necessário vermos os aspectos verdadeiros, reais que existem por traz de cada conquista pessoal. Alegria. Um momento na vida da pessoa em que ela olha para dentro de si e busca por sonhos já esquecidos. O elemento espiritual que acompanha e justifica o sucesso está presente, mas necessita ser nutrido, estimulado, reforçado. Estar aberto para aceitar o que a Vida tem a nos oferecer. A necessidade de agir de tal forma que faça com que a “esperança” torne-se realidade. Saber usar o sucesso como meio de obter sabedoria.

Negativamente o 6 de Ouros pode significar um momento na vida do Consultante em que as coisas parecem perder a intensidade, diminuírem sua força ou importância. É um aviso de que o dinheiro deve ser cuidadosamente investido e aplicado, para que não existam perdas consideráveis. Pode simbolizar que o Consultante esteja muito apegado aos valores materiais e tenha perdido de vista os aspectos espirituais embutidos em todas as coisas, pessoas, relacionamentos, ações e situações. É um indicativo de buscar-se valores mais importantes que o sucesso exterior e, também, uma abordagem mais modesta em relação aos semelhantes e à vida, em geral.

Quando dinheiro é gasto para satisfazer necessidades reais, ambas as partes envolvidas lucram, tanto a que gasta, quanto a que receber. Apelar para a caridade alheira ou dar esmolas não é, necessariamente o que se deve fazer. Todas as vezes que o processo de dar e receber torna-se unificado, transforma-se numa só coisa, todas as vezes que força e fraqueza, abundância e necessidade se reconciliam, uma verdadeira benção divina pode ser sentida e vivenciada. A carta do 6 de Ouros é um dos símbolos cristãos da Transmutação, onde o pão e o vinho proporcionam o sustento físico e espiritual. Todas as vezes que utilizamos nossos talentos para satisfazer as nossas necessidades e usamos as necessidades para estimularmos os nossos talentos, ganhamos algo. Crescemos um pouco mais.

Nesta quinta-feira, dia da semana regido pelo generoso Júpiter, é o momento de pensarmos em autopreservação, ou seja, não empregarmos uma energia positiva tentando solucionar, ou por em andamento, algo que não faz sentido e nem representa nada na nossa evolução. É puro desperdício. É necessário que aprendamos quais são nossas necessidades reais e de termos a consciência de que o valor daquilo que possuímos só é grande quando muitas pessoas podem beneficiarem-se dele. Podemos aproveitar este dia para meditarmos no fato de que, muito melhor do que ficar gerindo o que nos falta, é empregar  tempo e  esforço buscando obter algo que beneficie, igualmente, todas as partes envolvidas.

Tenham todos um dia pleno de atitudes generosas!

Prosperidade

prosperidade

Mais do que abundância e dinheiro, a prosperidade está intimamente ligada à nossa mentalidade. Quem pensa rico acaba ficando rico. E tudo se torna mais fácil ainda se você vive ou trabalha em um ambiente energeticamente próspero, que facilite a entrada e circulação das energias da luz e que nos lembre a cada momento da grande generosidade do universo.

Para a grande maioria das pessoas, prosperidade é sinónimo de riqueza material: dinheiro, fama e sucesso. E este conceito não está de todo errado, mas é limitante.
Prosperidade é ter uma vida abundante.

Prosperidade é ser abundante. Prosperidade é pensar, sentir e emanar abundância em todas as áreas da vida: nas finanças, nos relacionamentos afetivos e profissionais, no amor, na saúde, na espiritualidade, enfim, em tudo!

Com o Feng Shui, podemos preparar um ambiente, seja a casa, o escritório ou a empresa, para que esteja energeticamente próspero, abundante e harmónico. Com certeza, esta energia próspera afetará a vida de todas as pessoas que frequentam estes ambientes.

E preparar nossa casa para receber e ter prosperidade e abundância é muito importante, mas se você ou os moradores da casa ou da empresa não forem e se sentirem prósperos, o trabalho ficará incompleto.

Comece a se sentir próspero

A partir do momento em que preparamos uma casa energeticamente para ser próspera, todos os habitantes serão afetados por essas vibrações positivas. Dá-se então início a um movimento de mudança dos moradores: vontade de crescer, de prosperar, ânsia de buscar novos horizontes e a extrema necessidade de livrar-se do velho e ultrapassado. Resumindo, todos começam a pensar e sentir como seres prósperos. Definitivamente, prosperidade não combina com medo, limitação, baixa auto-estima, preocupação e crença na pobreza.

Para sermos ricos precisamos começar a pensar como ricos, superar nossas limitações e medos. Concluímos, assim, que o processo de abundância está mais ligado a fatores internos do que exteriores como crises económicas, atrapalhações, perseguições e invejas.

Dentro de nós mesmos estão todos os obstáculos para atingirmos a riqueza, bem como todos os meios para consegui-la. Cabe a nós utilizar de forma inteligente este potencial.

“Ser próspero” é se sentir próspero, repito: Sentir é uma emoção. E a emoção só irá se realizar se acreditarmos nela.
Assim, se desejarmos atingir prosperidade, é necessário acreditar em nossas emoções, em nossos sonhos. Isso mesmo: sonhar. Sonhar é o exercício de imaginar o que queremos. O ser humano sempre sonhou, sonha e sonhará.

É a partir de um sonho que começamos a criar nossa realidade, nossa vida, nosso destino. “Somos aquilo que pensamos. Somos aquilo que sonhamos.”

A partir do momento que sonhamos, estamos acionando a energia da emoção e,  consequentemente, estamos bem próximos de realizar o sonho. Mas é bom avisar que somente aplicar um Feng Shui para ativar a área da prosperidade e sonhar em ser próspero não é certeza de prosperidade.

Sem ação, o trabalho e o esforço, as tão sonhadas riqueza e abundância continuarão bem longe de nós. Em outras palavras: “faça sua parte também”. Dá trabalho, mas é a regra do jogo. Ou será que você faz parte daquele grupo de “otimistas” que reclama do barulho quando a sorte bate a sua porta!!????!!!???

Dicas práticas para atrair abundância

Para ajudar, enumeramos abaixo uma série de dicas práticas do Feng Shui, para ajudar você trazer mais abundância para sua vida.

•A prosperidade entra pela porta de entrada

Como é que você quer que a prosperidade bata à sua porta se sua casa está mal identificada ou numerada? Parece absurdo, mas não é. Muitas casas têm numeração escondida ou nem tem. Muitas ruas têm numeração irregular, que atrapalha quando alguém quer nos achar, bem como campainhas que ficam escondidas.

Se você quer que a prosperidade bata à sua porta, identifique bem sua casa. A porta de entrada também deve estar sempre bem iluminada e arejada. Lembre-se de uma coisa: “A porta principal tem que abrir-se por completo para a prosperidade entrar toda”. Ou seja, nada de móveis e objetos atrás das portas.

Ponha um sino de vento de metal atrás da porta, pois, além de atrair sorte e abundância, toda vez que o sino toca ele amplia e aumenta a entrada de oportunidades de prosperar.


Coloque um baguá de cor vermelha na porta de entrada, pelo lado de fora, para proteger a casa.


• Fachadas limpas e prósperas

Parece frescura, mas a prosperidade nota muito a fachada da casa, seu estado e cuidado. A primeira impressão é a que fica. Pois então, limpe e pinte imediatamente a frente de sua casa.

Coloque e plante bastantes plantas e flores. Use a abuse da imaginação para deixar a frente da casa atraentemente próspera.


Aproveite para tirar da frente da entrada principal os entulhos e objetos que impedem a circulação das pessoas e da prosperidade.


• A abundância banha sua casa

Para o Feng Shui, toda a casa deve ter um rio calmo e sereno passando diante de sua porta. O rio irá trazer para a casa e seus moradores saúde, prosperidade, alimentos e irá levar as más energias embora.

Como nem sempre temos um rio de plantão próximo à nossa porta, podemos colocar pelo lado de dentro da casa, próximo à porta de entrada, algo que lembre um rio, mar ou água, como por exemplo uma fonte de água ligada, um aquário com peixes, uma gravura ou um quadro com um rio, mar e barcos, uma foto de um local que tenha cachoeira ou motivos náuticos. Tudo para atrair prosperidade.


• Cozinha e fogão são o cofre da casa

Uma das áreas mais prósperas da casa é a cozinha. Nela está localizado o “cofre da casa”, que é o fogão. Seu elemento fogo é associado a riqueza e abundância. E nele, preparamos os alimentos que irão nos dar sustentação e energia no dia a dia.

O fogão deve estar sempre bem limpo, todas as bocas e o forno funcionando e em bom estado de conservação.


Na cozinha, para atrair prosperidade, abuse da fruteira. Tenha sempre bastantes frutas. Flores amarelas e girassol sempre são bem vindos, pois têm cores de prosperidade


• Cuidado com entulho e lixo

Muito cuidado para não ficar acumulando e guardando objetos, papéis, roupas, utensílios e lembranças que não têm mais utilidade e uso.

Estes “entulhos” provocam energia estagnada, que atrapalha a prosperidade da casa. Faça uma avaliação e uma limpeza geral. Abra espaço em sua casa e dê vida à ela. Não esqueça de colocar o lixo para fora também.


• Verde e plantas na casa

Use e abuse de plantas. Elas trazem boas energias. Coloque muitas flores amarelas e vermelhas, que atraem prosperidade a abundância. Um arranjo de girassol também é muito usado para atrair riqueza.

• A mesa de jantar

A mesa de jantar, seja da sala ou da cozinha, é o local onde as pessoas se reúnem para as refeições e para conversar. O Feng Shui considera a mesa de jantar um local de prosperidade. Coloque sobre a mesa um belo arranjo de flores ou uma fruteira cheia de frutas. Se houver espaço, coloque na parede um espelho para refletir a mesa de jantar e dobrar a prosperidade.

• Banheiro é ladrão de abundância

Muito cuidado com os banheiros, pois eles são ladrões de abundância. Mantenha sempre a porta do banheiro fechada e a tampa do vaso sanitário abaixada. Já ira ajudar bastante.


• Cuidado com vazamentos

Fique de olho nos canos. Vazamentos de água podem significar abundância escapando. Tanto os canos que abastecem a casa como os canos internos devem ser verificados. Se encontrar vazamento, conserte imediatamente.

(Fonte: Feng Shui, de Franco Guizeti)