Arcano do dia “A Estrela”

mol166

O que te faz continuar a sonhar, a desejar, a planejar o futuro? Não há garantias, nenhuma certeza. Então, por que continua? A resposta para isso está na fé. Mesmo aqueles que se dizem céticos possuem fé. A fé não é necessariamente religiosa. A fé é a esperança.

Quem perde a esperança, perde a fé. Quando se perde a fé, a vida torna-se sombria, doentia e amorfa. Quando há fé, há confiança em seguir, em perseverar por seus objetivos.

Quando a fé é racionalizada ela perde sua força. Tentar explicar a fé é matá-la, tira-se dela seu poder cósmico, restando apenas a desesperança.

A fé não pode ser uma crença criada pela mente.  A fé é a certeza e a confiança de que a sua existência é uma parte de um todo e não um fim em si mesma. Ela nos remete ao sentido cósmico de nossas vidas, à nossa espiritualidade.

A fé está ligada à espiritualidade. Quanto mais materialista é nossa forma de viver, mais distanciados ficamos dos aspectos sutis da própria vida. Integrarmos às demais forças da natureza e do Universo traz outro sentido de vida e ajuda a nos libertarmos dos antigos padrões há muito obsoletos e que só nos traz sofrimento e dor.

A fé se relaciona com a pureza e, para essa purificação, é preciso se despir de todas as camadas de maquiagem, de armaduras e de máscaras. É preciso abolir as crenças autossabotadoras que restringem a autoconfiança e a capacidade de crer em seu potencial e em quem é.

A fé permite caminhar, confiar e acreditar em sua jornada, no amor e, principalmente, na própria vida.

Texto de Magda Kumara

Arcano do dia – “A Temperança”

temperança

Quando a mente está equilibrada com os sentimentos e o consciente cede espaço para o inconsciente, passa a estar verdadeiramente integrado. Torna-se uno respeitando todas as suas diferenças.

Luz, amor e equilíbrio para que você seja quem realmente é!

Namastê.

Você já percebeu que definimos quando devemos deixar a razão comandar e quando devemos deixar a emoção fluir? Fazemos isso em vários aspectos na vida: no trabalho, razão; no casamento, emoção; nos estudos, razão; na família, emoção.

Tentamos controlar e garantir que a emoção não apareça quando não deve ou que a razão não se imponha fora de seu âmbito. E, assim, trabalhamos e aprendemos da forma mais racional possível e somos excessivamente emocionais em nossas relações de intimidade.

Quanto desequilíbrio! Se deixarmos que nossas sensações venham a tona durante o trabalho, conseguiremos ter outra percepção de nossa atividade, seremos mais criativos, mais intuitivos e, com certeza, mais assertivos em nossas ações. Sem contar que o prazer que sentiremos em exercer nossa s atribuições tornarão nossos dias mais leves, menos estressantes e mais satisfatórios.

Quantas vezes nos envolvemos demasiadamente na emoção, deixando-nos enredar por rancores, mágoas, tristezas, angústias? A emoção não é apenas bela, ela também tem seus aspecto doloroso. A razão é fundamental para nos trazer de volta ao prumo, a sair daquele enrosco repetitivo e amargurado. A razão nos ajuda a refletir, a voltar à realidade, a colocar os pés no chão e a mudar nosso estado emocional.

Não existe atividade profissional em que a emoção não tenha lugar, não existe nenhum relacionamento em que a razão não tenha função. Não somos só razão ou emoção. Precisamos exercitar sua integração e deixar que ambas atuem, com o mesmo peso, em todos os momentos de nossa vida.

Texto de Magda Kundara

 

 

 

Limpe sua mente…

01jan08

“A fim de manter sua mente limpa, nunca crie dúvidas sobre si nem sobre os outros. Seja como um guerreiro que avança com determinação no campo de batalha para destruir todas as negatividades com a espada dos pensamentos positivos e dos bons sentimentos para todos. Ao manter na mente só o que é limpo, você pode colocar um ponto final no passado e encarar o futuro com confiança.”

António Sequeira

Pense positivo…

agora596

“Sua vida é o que seus pensamentos fazem dela. Transforme suas atitudes e pensamentos e você transformará a qualidade da vida que você está vivendo. Transforme seus pensamentos negativos em positivos e tudo se transformará em paz interior e saúde. Nossa saúde, nossa felicidade, nossa eficiência e nossos relacionamentos com os outros depende das atitudes e dos pensamentos. Pensar positivo torna a mente saudável. Uma vez que muitas doenças nascem primeiro na mente, pensamentos positivos agem como um antídoto que neutraliza a origem do desequilíbrio.”

BK Bhagwan, Positive thoughts as a medicine, The world renewal