Encante sua casa e sua vida…

agora11270

Para melhorar a energia do ambiente e atrair vibrações positivas, saiba que algumas atitudes, objetos ou cores adequadas podem ajudar a deixar o ambiente mais leve:

1- Arrumar o quarto

Viver na bagunça e com a porta fechada pode deixar as energias ruins concentradas no ambiente. Procure guardar as coisas no mesmo lugar e mantenha o armário organizado. Dica: cores claras no ambiente inspiram a calma e tranquilidade.

2-  Ter um jardim

Ter um jardim é importante para circular as energias. A samambaia, principalmente, é uma planta que funciona como uma limpeza: ideal para afastar os pensamentos negativos.

3 – Banheiro organizado

Manter a tampa do vaso abaixada e a porta do local fechada neutraliza as energias negativas que possam estar no ambiente. Deixe uma planta pequena no local.

4 – Incenso

O incenso, além de ser relaxante, traz energia positiva ao ambiente. Se possível, acenda em todos os cômodos da casa.

5 – Ventilação

Deixe as janelas abertas. Essa atitude, além de renovar o local, traz boas energias com a iluminação do sol.

6 – Objetos

Pode parecer apenas uma crença, mas enfeitar os ambientes com objetos que atraem boas energias é positivo para a sua casa. Vale colocar um filtro dos sonhos no quarto para afastar pesadelos e até amuletos como o olho grego e a pimenta, que afastam o mau-olhado.

7 – Animais

O elefante atrai prosperidade, enquanto o peixe é um sinônimo de riqueza para os orientais. O mais usual é colocar o objeto sobre a mesa.

 

A arte de ser feliz…

agora11230

Houve um tempo em que minha janela se abria
sobre uma cidade que parecia ser feita de giz.
Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.
Era uma época de estiagem, de terra esfarelada,
e o jardim parecia morto.
Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde,
e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas.
Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse.
E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz.
Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor.
Outras vezes encontro nuvens espessas.
Avisto crianças que vão para a escola.
Pardais que pulam pelo muro.
Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais.
Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar.
Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega.
Ás vezes, um galo canta.
Às vezes, um avião passa.
Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino.
E eu me sinto completamente feliz.
Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas,
que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem,
outros que só existem diante das minhas janelas, e outros,
finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.

Cecilia Meireles