As origens do HALLOWEEN

misticoshalloween2
A espiritualidade das bruxas desenvolveu-se ao longo de milhares de anos, ainda antes da chegada à Europa da religião cristã. As sacerdotisas celtas detinham os segredos das ervas e dos talismãs, viviam em harmonia com a natureza e conheciam o poder da divindade que habita em cada ser humano.
Durante o ano, as bruxas comemoravam um total de oito festas, os sabás, cuja origem está ligada aos rituais celtas. O mais importante desses sabás era o de Samhain, também conhecido como Halloween, que acontecia no dia 31 de outubro e marcava o início do ano novo pagão. Nessa ocasião, as bruxas se reuniam nas clareiras dos bosques e dançavam em volta de grandes fogueiras. Realizavam diversos feitiços e prestavam reverência a um deus representado por um homem vestido com pele de veado, o Deus Chifrudo.
 
Com o domínio da Igreja Católica, o paganismo passou a ser perseguido, as bruxas eram mortas, e a antiga religião passou a ser denegrida. Os católicos difundiram a ideia de que as bruxas adoravam o diabo e faziam o mal a outras pessoas. Daí a imagem da bruxa má e horrenda, que até hoje permanece no imaginário popular.
Mas como dissemos no originário popular, já que hoje a maioria das bruxas são reconhecidas por seus poderes de cura, através de ervas e encantamentos.
Geralmente muito ligadas á natureza seguem os ciclos naturais da terra de onde se originam os sabás, que nada mais é uma reverência a mãe natureza por sua generosidade e bondade para conosco.

Mulheres, Bruxas…

agora915

BRUXAS… é como chamam por aí…
As insubordinadas, divergentes, antenadas.
Sábias, ditas loucas… profundas, espiritualizadas.
As perigosas…
Mulheres que lutam…contra preconceitos, ignorância, machismo, opressão, violência, exploração.
Mulheres que amam, sem medo de parecerem impuras, se envolvem, se entregam, se rendem…verdadeiramente femininas…
Mulheres que cuidam, dos próprios filhos, dos filhos de todos, das chagas de muitos, das milenares e desprezadas tradições originais, da fé, da natureza, dos conhecimentos intuitivos, marca que jamais deveria ser apagada…
Mulheres que guardam…em si, o poder de gestar, de nutrir, de guiar…a vida!
Mulheres que preservam…as últimas chances do mundo sobreviver ao caos…os saberes simples das ervas, da compaixão, do respeito a toda Criação Divina.
Sim…as guardiãs de tudo que é digno e eterno… tão bem resolvidas.
Que despertam amor e ódio.
Mulheres que servem…e vivem à amparar umas às outras, totalmente descrentes da subcultura da competição.
Mulheres que estudam, lêem, observam, questionam, argumentam, se impõem…
Mulheres que sofrem…por não se ajoelhar ante à repressão dos sistemas…
Mulheres fantásticas, surreais, feiticeiras, endiabradas, filhas do mal?
Não…mulheres como vocês e eu.
Foram perseguidas e queimadas e ainda são amordaçadas…eram mulheres…eram irmãs, são BRUXAS! E devem meter muito medo…
E você?
As teme?
Ou é uma delas?


Gi Stadnicki


‪#‎misticosonline‬ ‪#‎tarot‬ ‪#‎misticos‬#tarotonline
http://www.misticosonline.com.br